quinta-feira, 2 de fevereiro de 2006

samba da bênção

Nessa procura louca, surda e desesperada por alguma boa surpresa nos cinemas de telas vazias, enfim avisto a luz no fim do túnel. E essa luz é Vinicius de Moraes. O documentário sobre o poeta e etc., dirigido por Miguel Faria Jr. estréia sexta-feira, no GNC/Iguatemi, sala 5. Não é curioso, como uma companhia exibidora que só deseja o lucro - e nada mais do que o lucro - tenha a sensibilidade de exibir um dos filmes mais aguardados?

Se o filme é bom, ruim, excelente, ou uma bosta, ainda não sei. Não vi, mas vou assistir. Porque já não aguento mais varrer as prateleiras das locadoras. Ando revendo mais do que assistiando a filmes novos. Ou tu acha que vou perder a chance de ver o Chico Buaque e o Ferreira Gullar falando sobre o poetinha. E mais, que eu perderia as valiosas imagens do Vinicius bebericando uísque e sorrindo, como se a vida fosse só alegria.

"Mas pra fazer um samba com beleza
É preciso um bocado de tristeza
É preciso um bocado de tristeza
Senão, não se faz um samba não"


A quem não assistir, meus pêsames. Pode deitar. E bons sonhos.

5 comentários:

Mikage Aya disse...

Vou assistir, certo.

* Te linkei.

clarissa disse...

tem cenas muito bonitas mesmo
do poetinha com o Tom, dele dormindo. de doer
e o ferreira tá ótimo falando.

Anônimo disse...

escurinho do cinema,nós dois e Chico...

Camila Cornutti disse...

eu já assisti faz um tempinho. é lindo. vá e vá correndo!

só preste atenção na parte do hip hop e veja que dispensável. o ferreira está ótimo, o chico cantando medo de amar ao violão é de arrepiar, vinícius encostando a cabeça no ombro de tom, vinícius dormindo, vínicius feliz. pra sempre.

Mugnolini disse...

verei, verei e te conto.
agora, se não tiver o Vinicius bebendo...não vale de nada.